NEWSLETTER   SETEMBRO 17
João Queiroz. Sem  título, 2017. Óleo sobre tela. 89 x 116 cm
MENSAGEM DO PRESIDENTE
É URGENTE DIVULGARMOS A PROFISSÃO.

Caros Colegas, Amigos,
São raros os Arquitectos-paisagistas (com tracinho, como os “limpa-chaminés”, como diria o Prof. Caldeira Cabral) que não amem a sua profissão. A dedicação “à causa” é uma das nossas características mais fortes, que aprendemos com os Mestres, desde o primeiro dia das nossas longínquas ou actuais licenciaturas e mestrados.
Infelizmente, nem todos os Arquitectos-paisagistas em Portugal conseguem manter actividade profissional na área, dada a falta de mercado público e privado. Contudo, num recente encontro da IFLA com os colegas das restantes associações profissionais Europeias, em Bucareste, ficou patente que em muitos países a profissão está bem e recomenda-se, com grande procura de novos profissionais.
Qual a diferença? É assunto a aprofundar e discutir. Parece-me contudo, de um ponto de vista muito pessoal, que um dos factores poderá ser o facto de “comunicarmos” pouco com a sociedade no seu todo e muitos dos nossos concidadãos sabem cada vez menos o que, efectivamente, fazemos ou podemos fazer. E talvez daí, também, quem sabe, a reduzida procura que houve nos cursos de AP em algumas Universidades nas candidaturas de 2017.
Falo por mim; tenho envolvimento com a profissão em pelo menos quatro frentes: académica, consultoria, associativa e gestor rural. Que comunico eu à sociedade em geral sobre estas actividades, sua visão subjacente e resultados? Tirando a “viva voz”, quase nada… e como eu, muito de nós, de tão empenhados que estamos no nosso afã de amor ao que fazemos que não nos sobra tempo para partilharmos o que fazemos.
Falta-nos comunicação e comunicadores. Falta-nos maior ligação com a sociedade no seu todo para divulgação e conhecimento da profissão. Este é um ponto que temos de desenvolver melhor, todos e em particular, nós na APAP.
Neste contexto, apresentamos agora um site “renovado” e uma newsletter mais “agradável”. É um pequeno passo, num caminho que queremos trilhar, de dar maior visibilidade à profissão. Esperamos, com ajuda de todos, ir fazendo esse caminho.
E agradecemos críticas e sugestões. Um abraço, Jorge Frazão Cancela.

DESTAQUES
Campanha de Regularização de Quotas
(Válida até final de 2017)

O FUTURO DA PROFISSÃO DEPENDE DA CONTRIBUIÇÃO DE TODOS.

 
Para os sócios com mais de três semestres de quotas em atraso e de acordo com a alteração de Estatutos aprovada em Assembleia Geral de 8 de abril de 2017, são as seguintes as condições para a regularização das quotas:
1. Pagar o ano de 2016 na sua totalidade (110 euros), por cheque, transferência bancária ou numerário na sede da APAP;
2. Pagar o(s) semestre(s) de 2017, aderindo obrigatoriamente ao débito directo bancário, beneficiando de um desconto de 10% com a adesão permanente a este método de pagamento.
Desta forma, todos os débitos passados ficam saldados e o sócio fica na plena posse dos seus direitos (incluindo a emissão de Declarações).
Para os sócios com as quotas em dia que adiram ao débito direto terão um desconto de 10% a partir de Julho de 2017.
Em qualquer dos casos, os sócios deverão solicitar à APAP (apap@apap.pt) o formulário para preenchimento dos dados necessários à adesão ao débito directo, formulário esse que será devolvido assinado, por correio postal à APAP, que acionará o processo de autorização junto do seu banco.
ver mais
Audiência com Ministro do Ambiente
 
No dia 11 de Setembro de 2017 teve lugar uma audiência com o Senhor Ministro do Ambiente Engº João Matos Fernandes e a Senhora Secretária de Estado Drª Célia Ramos.

       Agenda:
  • Regulamentação da Profissão de Arquitectura Paisagista no Quadro da Directiva Europeia de Qualificações Profissionais (Professional Qualifications Directive (2005/36/EC - DG Growth);
  • Política Nacional de Arquitectura e Paisagem e Plano de Acção 2017-2020;
  • Revisão do PNPOT - A relevância da Paisagem no Ordenamento do Território.
Reforçámos, junto do Senhor Ministro, a necessidade imperiosa de se avançar com a regulamentação da profissão em Portugal e convidámo-lo a liderar esse processo junto do Governo. O Senhor Ministro manifestou todo o seu apoio, pessoal e institucional, mas considera que se trata de um assunto da Assembleia da República pelo que se deve continuar a insistir nessa via. A APAP, naturalmente, acolheu este conselho, tendo de imediato desenvolvido nova tentativa de contacto, desta vez junto do Senhor Deputado José Carlos Barros.
Programa de Revitalização do Pinhal Interior
 
A Unidade de Missão para a Valorização do Interior apresentou o Programa de Revitalização do Pinhal Interior, que contém dois eixos estratégicos, centrados no renascer da floresta e na revitalização económica e social dos municípios afetados pelos incêndios.
O documento vai estar 30 dias em discussão pública.

Convidamos os Arquitectos Paisagistas que queiram contribuir para esta Consulta Pública que nos façam chegar os seus textos até 20 de Outubro (apoio.tecnico@apap.pt).

Para mais informação sobre a campanha 'Arquitectos Paisagistas por uma Nova Floresta em Portugal' consulte o site da APAP.
ver mais
NOTÍCIAS 
Estratégia Nacional Pós 2020 
 
A APAP esteve presente na Audição Pública sobre a Estratégia Nacional para o Portugal Pós 2020, em 13 de Setembro, Santarém, representada pelo seu Vice-Presidente João Ceregeiro. Esta estratégia pretende abrir o debate para a negociação do próximo Quadro Comunitário de Apoio. 
Estratégia Nacional para a Conservação da Natureza e Biodiversidade 2025
 
A APAP participou na quinta sessão de apresentação, da proposta de Estratégia Nacional para a Conservação da Natureza e Biodiversidade (ENCNB 2025), dia 14 de setembro, na Direção Geral do Território, onde foi sublinhada a disponibilidade por parte dos setores da Agricultura e do Turismo na implementação da ENCNB até 2025.
ver mais
Transposição da Nova Directiva AIA 

No dia 27 de Julho teve lugar na APAP uma reunião com a APAI no âmbito do processo de transposição da nova Directiva AIA (Directiva 2014/52/UE). Um dos aspectos inovadores é a obrigação dos Estudos de Impacte Ambiental serem preparados por “peritos competentes”. Sendo a AIA uma área eminentemente interdisciplinar, envolvendo profissionais das mais variadas formações, nomeadamente das ciências naturais e das ciências sociais, das engenharias, do urbanismo e da paisagem, da saúde e do património cultural, entendeu-se estarmos numa situação privilegiada para promover um sistema de qualificação dos profissionais de avaliação de impactes, em colaboração com outras associações profissionais e com a Administração. 
NOTÍCIAS INTERNACIONAIS
Call for proposals to restore Charles Square in Prague.

Call for proposals has been launched to restore Charles Square in Prague. Charles Square is a public space of city-wide importance and one of the pivotal sites in the Prague Heritage Reservation. The square however needs a complete reconstruction. The city has recently announced a procedure with competititon dialogue - a creative process that involves all stakeholders from the very beginning.
The objective of the competitive dialogue is to bring together architects’ teams to produce 1) more detailed assignment, and 2) produce proposals. The winning team signs the contract for the design and documentation of revitalization of the Charles Square.
The independent members of evaluation commitee are the most prominent landscape architects and architects: Almut Jirku, Cornelius Scherzer, Ladislav Lábus, Michal Fišer, Petr Hlaváček.
Submission of applications to participate is due to 12.10.2017.

website
The 54th International Federation of Landscape Architects (IFLA) World Congress

The World Council will form part of the World Design Summit Montreal 2017, an unprecedented international event during which practitioners, academics and other players from the design scene will get together to address a broad spectrum of issues related to the various disciplines of design. The whole of the event is planned to foster crossovers and the exchange of knowledge between disciplines. We invite IFLA Members to actively join the global community and come together to transcend silos through cooperation and transdisciplinary professional development, with a common focus: how can design shape a better future for all. More information about the summit here.

PDF
AGENDA
2º Ciclo de Conferências de Arquitectura Paisagista (2017/2018) Universidade do Algarve

1ª Sessão - 16 de Outubro

A próxima edição da Conferência Nacional de Avaliação de Impactes (CNAI’18), com o tema “A Inovação em Avaliação de Impactes", vai realizar-se em 2018, de 24 a 26 de Maio, no Porto, numa parceria entre a APAI e a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
 
Decorre até ao dia 30/10/2017, o prazo para submissão de propostas de resumos de comunicações e de posters.
LEITURAS
BIM
By Landscape Institute, 2016


BIM (Building Information Modelling) is transforming working practices across the built environment sector, as clients, professionals, contractors and manufacturers throughout the supply chain grasp the opportunities that BIM presents. The first book ever to focus on the implementation of BIM processes in landscape and external works, BIM for Landscape will help landscape professionals understand what BIM means for them. This bookis intended to equip landscape practitioners and practices to meet the challenges and reap the rewards of working in a BIM environment - and to help professionals in related fields to understand how BIM processes can be brought into landscape projects. BIM offers significant benefits to the landscape profession, and heralds a new chapter in inter-disciplinary relationships. BIM for Landscape shows how BIM can enhance collaboration with other professionals and clients, streamline information processes, improve decision-making and deliver well-designed landscape projects that are right first time, on schedule and on budget.

Viagem aos Confins da Cidade.
A Metrópole e as Artes no 
Outono Pós-Moderno (1972-2001).

Por Leonardo Lippolis, 2016

Na pós-modernidade, o corpo em transformação das metrópoles revelou os sinais dolorosos de um fim trágico do Ocidente. Hoje, a cidade transformou-se no espelho de uma sociedade em declínio, no modelo de uma distopia, ou seja, num lugar onde é horrível viver. Cidades feitas para deixar circular as mercadorias e organizar as necessidades do capital não podem deixar de reduzir as pessoas a fantasmas que têm medo da própria sombra. Reflexão sobre a crise das metrópoles ocidentais e o seu declínio no mundo contemporâneo, Viagem aos Confins da Cidade aborda as transformações do espaço urbano nas últimas décadas do século xx: o novo inferno da vida citadina, onde a exclusão social e a erosão do espaço público se concretizam, derrotando um modelo de cidade como palco de revitalização e de mudança. Da crescente intromissão de sistemas de vigilância à descaracterização de centros históricos e ao arranha-céus como incubadora da catástrofe, Leonardo Lippolis guia-nos nesta viagem apocalíptica ao fim da civilização como a conhecemos. Recorrendo à ficção de George Orwell e de J. G. Ballard, ao cinema de David Cronenberg e de Stanley Kubrick, esta lúcida intuição de um novo ocaso civilizacional comprova a ameaça de novas mutações urbanas.
 
saiba mais em www.apap.pt

Copyright © 2017 APAP - Associação Portuguesa dos Arquitectos Paisagistas

Calçada Marquês de Abrantes nº 45, 2º Dto 1200-718 Lisboa | +351 213 950 025 | +351 914 463 670 | apap@apap.pt

Pode fazer update às suas preferências ou remover da lista de subscritores.