NEWSLETTER   OUTUBRO 17
20 de Outubro 2017. Dia Internacional da Paisagem do Conselho da Europa.
MENSAGEM DO PRESIDENTE
DIA INTERNACIONAL DA PAISAGEM, PORQUE TUDO ESTÁ LIGADO.

Caros Colegas, Amigos,

Na natureza, como sabemos, tudo está ligado. Agora que tanto se fala de “ordenamento”, importa dizermos outra vez que “tudo está ligado”. As árvores com o clima, as plantações com as propriedades, a sua limpeza com a presença de pessoas, as pessoas com as atividades económicas, estas com as condições de vida, e por aí fora. Tudo está ligado. Por isso, infelizmente, o problema não são só os incêndios e as suas terríveis e imediatas tragédias de perdas de vidas, e de bens. Os incêndios têm causas, diretas e indiretas, mas também, consequências. Diretas e indiretas. E estas nas dimensões da enorme área ardida, poderão ser também gigantescas.
Nos climas e terrenos onde ardeu a maioria do coberto vegetal, a seguir à falta de água do verão, vêm normalmente as cargas de águas invernais. E o que vão encontrar? Solo nu. Quais os impactos? Uma enorme destruição desse solo, erosão. O solo nu sob o efeito de chuvadas intensas será arrastado, ribeiras e rios abaixo, até ficar retido numa das várias barragens que polvilham a nossa rede hidrográfica. Barragens que são feitas para reter água, não para virem a ser várzeas. E se continuar a chover a sério? As barragens com capacidade reduzida pela terra acumulada que devia estar nas encostas, têm menor capacidade de encaixe. Se chover mesmo a sério, as barragens terão de soltar água mais cedo que o previsto e durante mais tempo que o desejável e as inundações de terras a jusante poderão ser inevitáveis. Fogo e água voltam a ser elementos que numa natureza, mesmo tão alterada como a nossa, continuarão numa saga conjunta. O incêndio nas terras altas é a cheia nas baixas. Tudo está ligado. Todos estamos ligados.
O ordenamento não é assim um mero exercício de dizer o quê, onde. O ordenamento do território e das nossas paisagens é,  acima de tudo um exercício de soberania nacional, de respeito pelos bens públicos e privados e de defesa da vida. Da natureza e das pessoas. E das presentes e das que estão por vir. É por isso que é imperativo. Porque tudo está ligado. E porque assim também assumimos a nossa profissão.

O Conselho da Europa promove no dia 20 de Outubro, o primeiro Dia Internacional da Paisagem, uma iniciativa que visa celebrar a paisagem enquanto parte essencial dos ambientes humanos, expressão da forte e extensa diversidade natural e cultural do seu património partilhado e sustentáculo fundamental da sua identidade.Todos os agentes territoriais e cidadãos interessados são convidados a tomar parte nesta celebração, contribuindo para o envolvimento e a participação pública na sensibilização para o papel da paisagem nas suas múltiplas valências e para a implementação da Convenção Europeia da Paisagem.
Neste contexto, e para partilharmos in loco uma experiência do colega Henrique Pereira dos Santos nestes temas do ordenamento e gestão, estamos a preparar uma visita à Montis, no sábado 4 de Novembro. Será importante estarmos presentes para estarmos juntos, para aprender e para nos solidarizarmos com uma região tão sofrida. A APAP assinalará também o DIP com uma sessão sobre 'O que é ser Arquitecto Paisagista?' na Escola Secundária Professor José Augusto Lucas, em Linda-a-Velha.
Mais detalhes no novo  site APAP.

Um abraço, Jorge Frazão Cancela.

DESTAQUES
TUDO TEM UM CUSTO E A INCÚRIA NÃO PERDOA.
 Comunicado de Imprensa 
 
A APAP apresenta as mais profundas condolências às famílias das vítimas dos incêndios de 14 e 15 de Outubro, solidariza-se com todos aqueles que se empenham em construir uma Nova Floresta em Portugal e torna pública, mais uma vez, a sua consternação face às perdas humanas e ao custo ambiental e económico a que a incúria do Estado Português conduziu nas últimas décadas.
 Quase tudo o que foi assumido pela APAP no seguimento da tragédia de Junho poderia aplicar-se ao que aconteceu nos incêndios do passado fim-de-semana, em meados de Outubro.  A principal diferença é que agora é tudo Mais e Maior. Portugal é o país com Mais área ardida da União Europeia (cerca de 300.000 hectares), são Mais perdas de vidas (Mais de 100 mortos e Mais de 300 feridos), é Maior o pesar e a indignação por se terem deixado chegar as coisas a este ponto e, sobretudo, é Maior a vergonha, por continuarmos a não ser capazes de articular o que é básico para assegurar o que é essencial – a Vida das Pessoas. 
ver mais
Visita de Campo à Montis
No dia 4 de Novembro a APAP organiza uma visita de campo às áreas sob gestão da Montis com o objectivo de aumentar o conhecimento e promover o debate e reflexão sobre o flagelo dos incêndios florestais e rurais. Serão visitadas: (i) áreas recentemente ardidas; (ii) áreas anteriormente ardidas em fase de restauro ecológico e (iii) áreas geridas no sentido de prevenção ou redução do risco de incêndio.
O programa inclui a visita ao Baldio de Carvalhais, localizado na vertente sul da Serra da Arada, em Carvalhais, São Pedro do Sul e  ao Baldio de Carvalhais, situado na vertente norte da Serra do Caramulo.
A saída será feita de Lisboa pelas 7:00 da manhã e o regresso no mesmo dia. Colegas de outros pontos do país poderão integrar o grupo em pontos de paragem a definir. O programa detalhado será anunciado brevemente. Desde já, inscrições para apoio.técnico@apap.pt.
ver mais
As Escolas de Arquitectura Paisagista associam-se à celebração do Dia Internacional da Paisagem (DIP)
Universidade do Porto
A Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) - Arquitectura Paisagista, com o apoio da APAP, vai promover, na tarde de dia 20, um conjunto de palestras que visam apresentar estudos e projectos ordenadores e construtores de Paisagem, realizados por docentes da faculdade, na sua maioria no âmbito da prestação de serviços, pela FCUP, a entidades públicas. Da escala do plano diretor municipal, até à escala do parque, passando pela criação de infraestruturas verdes urbanas e por projetos de intervenção em paisagens culturais, serão vários os exemplos a debater.A sessão terá início às 14h30 e serão feitas as seguintes intervenções: Plano Diretor Municipal do Porto, Plano Verde de Arcos de Valdevez, Parque Central da Asprela, Requalificação das Margens do Tâmega e Requalificação do Parque de La Salette, respectivamente por Carla Gonçalves, Gonçalo Andrade, José Miguel Lameiras, Luís Guedes de Carvalho e Nuno Costa, arquitectos paisagistas e docentes nos cursos de Arquitectura Paisagista da FCUP.

A FCUP, tendo como missão a “criação, transmissão e difusão da ciência, da tecnologia e da cultura”, anuncia também a criação do Observatório de Paisagem da FCUP.
Este Observatório de Paisagem é concebido como um centro de pensamento, reflexão e ação em relação à paisagem. Estuda a paisagem, desenvolve instrumentos para a sua monitorização, prepara propostas e sensibiliza
a sociedade para uma melhor proteção, gestão e planeamento da paisagem no contexto do desenvolvimento sustentável. 

Universidade de Évora
O curso de Arquitectura Paisagista da UÉvora irá celebrar  o DIP com uma 'saída da escola' que inclui a publicação de um artigo de opinião num jornal local, da autoria da Prof. Adalgisa Cruz de Carvalho, e uma entrevista à Prof. Aurora Carapinha.
Outras iniciativas podem ser seguidas aqui .
Parecer da APAP na Consulta Pública ao Programa de Revitalização do Pinhal Interior
A APAP elaborou Parecer sobre o PRPI, identificando os aspetos fundamentais pela positiva e pela negativa deste programa, enfatizando os tópicos tidos como essenciais numa abordagem de ordenamento e gestão do território e da paisagem, de base sócio-ecológica, solicitando a revisão do documento de modo a considerar os aspetos referenciados. 
ver mais
Campanha APAP - Revista Jardins
Durante o mês de Novembro a APAP e a Revista Jardins promovem uma campanha de assinatura anual com 50% de descontos, exclusiva para Sócios APAP. Uma óptima prenda de Natal!! 
ver mais
NOTÍCIAS 
João Gomes da Silva, Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos

A Ordem dos Arquitectos atribuiu o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos ao Colega João Gomes da Silva, o que será celebrado no proximo dia 27 de Outubro, pelas 18:00h, na sede da OA. O único Arquitecto Paisagista até agora reconhecido com este título foi o Prof. Gonçalo Ribeiro Telles. A APAP felicita o João por todo o seu trabalho e pelo seu percurso, que em muito dignifica a Arquitectura Paisagista em Portugal e além fronteiras. Parabéns João!

Homenagem ao Colega Fernando Pessoa 

Em Novembro, em dia e local a anunciar em breve, faremos, no Algarve, um jantar-convívio-homenagem aos 80 anos de vida e dedicação à Arquitectura-paisagista do nosso Colega Fernando Pessoa. 
Projectista, planeador, professor, escritor, divulgador, biógrafo, representante de relevantes cargos públicos, fundador da APAP, criador do curso da Universidade do Algarve, todos lhe reconhecemos os vários méritos profissionais e as enormes qualidades pessoais. 
Esta é uma homenagem, que por iniciativa de um amigo, o também marcante Colega João Reis Gomes, e com o apoio da APAP e de colegas do Algarve, tem tudo para ser uma bela história, um grande momento de confraternização e mais um marco na fita do tempo da Arquitectura-paisagista. 
Em breve, mais detalhes, comecem a pensar na presença. 

Divulgação Acordo Quadro – Serviços de Projeto de Espaços Exteriores e Obras de Arte

A Câmara Municipal de Lisboa, face à necessidade de contratar serviços para o desenvolvimento de projetos de espaço exterior e de obras de arte, a CML lançou o concurso para celebração de acordo quadro para serviços de projeto de espaços exteriores e obras de arte.
O acordo quadro visa selecionar, através de concurso público, uma bolsa de 20 fornecedores para projetos de espaços exteriores e 15 fornecedores para projetos de obras de arte que serão posteriormente convidados a apresentar proposta para cada prestação de serviços daqueles projetos que a CML pretenda contratar durante o período de um ano, prorrogável até ao máximo de 3 anos.
Prazo para apresentação de pedidos de esclarecimentos sobre as peças concursais: 31/10/2017
Prazo de apresentação de propostas: 19/03/2018

ver mais
Seminário 'A Arquitetura e o Ordenamento do Território fora dos perímetros urbanos'

A APAP participou no Seminário 'A Arquitetura e o Ordenamento do Território fora dos perímetros urbanos', dia 13 de Outubro, em Coimbra. Uma iniciativa da Ordem dos Arquitectos e da Direcção Geral do Território no âmbito da Alteração do Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT). Foi enfatizada a especificidade de intervenção do Arquitecto Paisagista em contexto rural e na visão integrada da Paisagem, especificamente no caso da recuperação e restauro das áreas ardidas. Foi também destacada a importância de implementar a Política Nacional de Arquitectura e Paisagem, para o que a alteração do PNPOT se constitui como uma excelente oportunidade.

ver mais
Acção para a Economia Circular

A APAP participou na Acção para a Economia Circular, no passado dia 25 de Setembro na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo. Foi chamada a atenção do Senhor Ministro do Ambiente da importância do ordenamento do território para assegurar a proteção de valores essenciais à sobrevivência, como é o caso do recurso solo.

NOTÍCIAS INTERNACIONAIS
Young Professionals' Advocate Working group

IFLA is promoting the Young Professionals' Advocate Working group that has started its activities aimed to create a community and integrate the voice of young professionals and students withing IFLA. The vision of the YPA is to become a recognised body of young professionals that provides an established international network and connets its members with practices, individuals and like-minded associations worldwide.  
ver mais
1st INTERNATIONAL LANDSCAPE SYMPOSIUM, under the theme “Thinking and feeling the landscape”


The year 2017 has been declared by the United Nations as the International Year of Sustainable Tourism for Development. This year’s events aim to raise awareness among decision-makers, academia, civil society and the public of the contribution of sustainable tourism to development, while simultaneously mobilizing all stakeholders to work together to make tourism a catalyst for positive change. Considering that the landscape is a common good and the right to landscape is a necessity that all human beings should enjoy, which generates commitments and responsibilities; authorities, guilds, institutions, civil society, we will carry out the 1st INTERNATIONAL LANDSCAPE SYMPOSIUM, under the theme “Thinking and feeling the landscape

ver mais
Tropical Landscape Conservation Course

The course is aimed at graduate students or young professionals with interest in landscape design, restoration and management. Experience or a background in landscape architecture, architecture, biology, forestry, urban planning or ecology is favorable. Course participants are eligible for pilot and research awards provided by the OTS Fellowship program. Students must complete the course successfully to be eligible. For more information, click here.

ver mais
AGENDA
Forum Cidades Verdes

A Landlab organiza, em conjunto com a Câmara Municipal de Leiria, o Fórum Cidades Verdes, a realizar no dia 24 de Outubro, no Teatro Miguel Franco.

A inscrição é gratuita e poderá ser feita para o email: forumcidadesverdes@cm-leiria.pt.

ver mais
Conferência Avaliação de Impactos no Património

A APAI – Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes, em parceria com o ICOMOS-Portugal e a Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A., e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, vai organizar nos próximos dias 8 e 9 de novembro de 2017, em Sintra (Centro Cultural Olga Cadaval), uma conferência sobre “Avaliação de Impactes no Património”, em particular nos bens inscritos na Lista do Património Mundial. 
ver mais
Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima
Estão abertas as inscrições para a 14ª edição do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima estão abertas até 15 de novembro.
"O Clima nos Jardins”  é o tema do Concurso 2018.
Para mais informações, contate: festivaldejardins@cm-pontedelima.pt

1º Congresso Ibero-Americano em Estudos de Paisagem - Conhecer para Proteger, Gerir e Ordenar Sustentavelmente

5 e 6 de abril de 2018 – Sintra, Centro Cultural Olga Cadaval
A submissão de propostas de comunicação deverá de ser feita até às 24h do dia 30 de Novembro de 2017.
ver mais
LEITURAS E AUDIOVISUAL
Retooling Metropolis: Working Landscapes, Emergent Urbanism 

Instructed by Chris Reed
Studio Report from the Harvard University Graduate School of Design
What is the status of the 20th-century metropolis? How do we rethink it (and retool it) in an era of significant climate change, considerable social and economic inequities, and cultural dissonance? And what of this in a disciplinary age when conversations on urbanism are likely to be better informed by ideas of indeterminacy, dynamism, operational ecologies and landscape, and emergence over time?

These questions are at the center of this research and studio work, both of which examine possibilities for cultivating new landscape occupations and new forms of nascent urbanism in an area of Houston along the eastern stretch of the Buffalo Bayou. This is an area marked by large-scale abandonment, some active heavy industry, remnant poor neighborhoods, industrial ruins, denuded ecologies, contaminated lands, and a radically transformed hydrologic system. How does one act here, when contemporary environmental and social circumstances call for a shift in thinking and a need for change, yet where there is no obvious economic or political driver to initiate or sponsor transformation on the ground?

Published by the Harvard University Graduate School of Design, Fall 2017.
Series design by Zak Jensen & Laura Grey
112 pages, softcover, 17 x 24.5 cm
ISBN 978-1-934510-68-1

Available for purchase from the Frances Loeb Library.
Night Mares on the Wax.
Back to Nature.
By João Pombeiro (Portuguese Director).


Where could we possibly begin to talk about this?
'Back To Nature' is an audiovisual masterpiece. There. That's where we'll start.
This is important, and powerful, and mindblowing all at the same time. This is brutally honest, innovative music that manages to also be extremely hopeful. Way back, El-P said in an interview on the Cannibal Ox album he had recently produced, that he wanted it to contain elements of both beauty and sorrow. This could be in that section of the record store.
For a million reasons, Nightmares on Wax nails it right on the head. We absolutely must get back to nature. This video has an immediacy to it that reminds us a bit of Pearl Jam's 'Do The Evolution.' A painful reminder that we are not doing it right.
YouTube
saiba mais em www.apap.pt

Copyright © 2017 APAP - Associação Portuguesa dos Arquitectos Paisagistas

Calçada Marquês de Abrantes nº 45, 2º Dto 1200-718 Lisboa | +351 213 950 025 | +351 914 463 670 | apap@apap.pt

Pode fazer update às suas preferências ou remover da lista de subscritores.